Informativos e Notícias

18-Nov-2020 10:47

UFSCar inaugura 2 usinas fotovoltaicas e passa a ter 7

Desde que começou a implantar projetos de eficiência energética, Universidade já reduziu em 30% o consumo de energia.

Os projetos de eficiência energética da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) tiveram início em 2017 e já equivalem ao plantio de 4.400 árvores ao ano. Foram instaladas sete Usinas Fotovoltaicas nos campi da Universidade e no Hospital Universitário (HU-UFSCar). Também foram trocadas quase 50 mil lâmpadas convencionais por tecnologias LED. 

O projeto é coordenado pelo Vice-Reitor da Universidade, Prof. Dr. Walter Libardi. Conta com o apoio direto da área de projetos da Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FAI-UFSCar) e, em especial, do Engenheiro Armando Gullo Martins, supervisor da área de projetos da Fundação.

A partir de agora, estão em funcionamento 2 novas Usinas Fotovoltaicas, no campus de São Carlos: a primeira, na Unidade Saúde-Escola (USE), na Área Norte, com capacidade de geração de 73,83 KwP; a segunda, no Edifício de Aulas Teóricas (AT) 01, na Área Sul, com capacidade de geração de 60,72 KwP.

De 2017 até 2020, a UFSCar trabalhou pela implantação de projetos de eficiência energética. “Reduzimos o consumo de energia da Universidade em 30%, melhoramos a iluminação e contribuímos para a preservação do meio ambiente”, afirma o Dr. Libardi. 

Todo o investimento foi feito a custo zero para a UFSCar. “Participamos de editais abertos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e obtivemos R$ 8,5 milhões para investimento em eficiência energética”, explica Libardi. “No final de 2019, a UFSCar também recebeu R$ 2 milhões em recursos extraorçamentários do Ministério da Educação (MEC) para investimento em energia limpa”, complementa o Vice-Reitor.

O investimento resulta em redução do consumo de energia elétrica. “Esta redução equivale ao consumo de 1.905 famílias ao ano. Além disso, são 733 toneladas de CO2 a menos sendo emitidas na atmosfera”, conta o Engenheiro Armando Gullo Martins. Os dados foram elaborados em conjunto à empresa Vitális Energia, a qual atua em parceria à Universidade nestes projetos.

“Preservar o meio ambiente é pensar nas futuras gerações”, afirma a Reitora da UFSCar, Profª. Drª. Wanda Hoffmann. “Com esta economia de 30% na energia elétrica da Universidade, conseguimos investir mais em nossos estudantes, em sua permanência estudantil, garantindo melhores condições de estudo. Como Universidade pública, nossa missão é transformar a sociedade por meio do ensino, da pesquisa e da extensão. Então, investir em nossos estudantes é fundamental”, finaliza.

Ciclo Vivo
Deixe seu Recado