Informativos e Notícias

20-Jul-2020 09:23 - Atualizado em 24/08/2020 08:21

Como a norma ISO 14001 ajuda a gerenciar os riscos ambientais na sua empresa?

Sustentabilidade e responsabilidade social são preocupações cada vez mais comuns entre as organizações. Além da preservação ambiental, as empresas visam estar em conformidade com a legislação brasileira, reduzir custos, minimizar o desperdício de recursos e conquistar clientes por meio do denominado Marketing Verde. Nesse cenário, a implementação da ISO 14001, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), se tornou fundamental para um crescimento consciente, equilibrado e ambientalmente correto.

A NBR ISO 14001 faz parte da família das normas 14000. Relançada em 2015, tem o objetivo de criar um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) que possibilite que as companhias atendam as próprias necessidades  socioeconômicas em equilíbrio com a proteção ambiental. Da mesma forma que o SGA ajuda as empresas a identificar e gerenciar os riscos ambientais inerentes ao setor, esse sistema também fomenta a cultura de auditorias periódicas de modo que haja sempre uma visão panorâmica da organização, facilitando a identificação de oportunidades de melhoria. A norma também aborda a necessidade de uma gestão estratégica ampla, valorizando as ações de avaliação proativa dos riscos e, posteriormente, o desenvolvimento de procedimentos preventivos e corretivos quando se fizer necessário.

De que forma a ISO 14001 é implementada?

Para implementar o SGA e obter a certificação ISO 14001, as empresas devem realizar algumas etapas para se adequarem às diretrizes da norma internacional. O primeiro passo, nesse caso, é contar com o auxílio de um especialista que auxilie na identificação de aspectos e impactos ambientais, legislação aplicável, processos organizacionais e definição da Política Ambiental.

Na sequência, a organização deve realizar as seguintes ações:

  • Planejamento: nessa etapa se estabelece os objetivos do projeto e os principais pontos de ação, incluindo as definições de ações ambientais, levantamento de requisitos legais, e objetivos e metas do programa;
  • Implementação dos requisitos: via de regra isso é feito com o apoio de uma consultoria que garanta um processo rápido e eficiente. Além disso, são desenvolvidos manuais e procedimentos que auxiliam a empresa a manter as novas rotinas;
  • Treinamento: os novos processos organizacionais precisam ser de conhecimento de todos os setores, incluindo a alta direção, para que estejam conscientes sobre as condutas a serem realizadas dali por diante;
  • Auditoria interna: após a conclusão da implementação, é preciso fazer uma auditoria para conferir todos os requisitos. Essa deve assegurar que a operação da companhia respeite a norma e as demais diretrizes necessárias à sua sobrevivência;
  • Auditoria externa para certificação: antes de passar por essa etapa, é possível optar por uma pré-auditoria onde eventuais não-conformidades são detectadas e corrigidas antes do auditor da certificadora independente fazer sua avaliação oficial. Estando todos os parâmetros em conformidade com a ISO 14001 e a documentação em dia, é concedida a certificação.

Para que seja considerado um negócio verde, é preciso percorrer etapas que demandam esforços e investimentos, já que isso depende do comprometimento de todos os colaboradores para a melhoria efetiva dos processos e prevenção de riscos. Entretanto, ao obter a certificação, as empresas geram diferencial competitivo em vários sentidos.

Benefícios de adotar o Sistema de Gestão Ambiental

A adoção da norma pode beneficiar amplamente as empresas. Para começar, esse é um pré-requisito exigido para o fechamento de muitos contratos, principalmente quando se trata de indústrias e prestadoras de serviços.

Também é possível citar a redução de riscos de acidentes ambientais e a melhoria significativa na administração dos recursos energéticos, materiais e humanos, o que tem um impacto direto nas contas de luz e água. Isso sem contar a otimização da reputação junto à sociedade, o que inclui fornecedores, clientes, stakeholders e autoridades.

Outro ponto positivo é a possibilidade de conquistar financiamentos governamentais e bancários, bem como programas de investimento, o que aumenta consideravelmente o bom histórico ambiental das empresas.

Em um mundo que caminha cada vez mais em direção à sustentabilidade, certamente vale a pena estruturar e manter um sistema de gestão que se adeque a ISO 14001. A ação contribui diretamente com a preservação ambiental, o uso eficiente dos recursos naturais, a segurança dos envolvidos e melhores resultados para as organizações como um todo. 

Tera Ambiental
Deixe seu Recado